© 2017 desenvolvido por Indoor Brasil

Em seminário, agentes de saúde e endemias de Dourados pedem efetivação de direitos

29/07/2019

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Dourados irá encaminhar uma Carta Aberta aos três Poderes, aprovada pelo público presente no Seminário "Direitos e Deveres dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias", realizado no dia 24 de julho de 2019, no Anfiteatro da Unigran. Segundo os servidores, é uma forma de pedir a efetivação dos direitos da categoria.

 

No documento, eles solicitam a regulamentação dos agentes que realizaram processo seletivo desde 1994 e ainda dependem de uma solução administrativa que dê garantia de seus direitos como efetivos e estáveis, incluindo os benefícios dentro do Plano de Cargos e Carreira equiparando os salários destes profissionais. "Sugerimos uma força tarefa dos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) para solucionar a situação em um curto espaço de tempo, amenizando assim as diversas perdas", reforça o texto.

 

Durante o evento, o advogado representante da prefeitura municipal, Wellynton Gomes Cassemiro, acompanhou as diversas reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras para passar a situação com "riqueza de detalhes" a prefeita e a Procuradoria. "São 18 anos de serviço em luta pelo repasse de incentivo, pelo piso nacional, infraestrutura e eu espero que seja nesta gestão que tenhamos uma resposta positiva", afirmou Silvia Salgueiro, presidente do Sindicato Regional do Agente Comunitário e Agentes de Endemias (Sindracse), apoiador do evento.

 

A palestrante foi a advogada da Federação Goiana dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias (Fegacs), Elane Alves de Almeida, e também do advogado especialista em direito previdenciário, Aquiles Paulus. O objetivo da atividade foi o de informar e orientar a categoria, bem como os gestores sobre os direitos e a importância do trabalhador para os programas de saúde e vigilância.

 

Eles trataram da desprecarização de vínculo empregatício e a efetivação e cumprimento da Lei (Emenda 51/2006). Debateram também a PEC 06/19, conhecida como a Reforma da Previdência e, por fim, a legislação 11.350/2006, que fala mais especificamente dos direitos e deveres dos ACS e ACE, além da responsabilidade dos gestores para o cumprimento dessas diretrizes, como sobre a reformulação das atribuições, a jornada e as condições de trabalho.

 

A Comissão de Saúde foi a propositora do evento e contou com a presença do presidente, Elias Ishy (PT) e da vice, Daniela Hall (PSD). Esteve presente também o presidente da Câmara, vereador Alan Guedes (DEM), a secretária de saúde, Berenice Machado, o diretor presidente do Previd, Theodoro Huber, o presidente do Conselho de Saúde, José dos Santos Araújo, Helena Izidoro, da Comissão de Saúde da OAB de Dourados e a presidente do Sindicato de Funcionários Públicos de Vicentina, Cleonice da Silva Lima.

Compartilhar No Facebook
Compartilhar No Twitter
Please reload

Mais Lidas
Please reload

Please reload

Busca Por Mês
Leitura Recomendada

Este conteúdo está sendo cadastrado

Procurar por Tags
Siga a UCVMS
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram