Câmara Municipal de Campo Grande retoma aulas presenciais na terça-feira


A Câmara Municipal de Campo Grande retomará as presenciais a partir da próxima terça-feira (24), mas ainda sem presença de público.


Desde agosto deste ano, como ocorriam de forma remota, com vereadores da Mesa Diretora presentes no plenário e os demais participando por


videoconferência.


A partir de terça-feira, retorna o sistema adotado no primeiro semestre do ano, com todos os vereadores presentes na Casa, com medidas de biossegurança.


Entre as medidas preventivas para evitar a disseminação do coronavírus estão o uso de máscaras e o distanciamento, além da proibição do público externo.


Como continuação, sendo transmitidas por meio do Facebook e Youtube da Câmara, como terças e quintas-feiras, às 9h.


Sem retorno da sessão presencial, quatro projetos de lei estão pautados para votação.


Em primeira discussão, os vereadores votam projeto de lei que institui a Declaração Municipal de Direitos da Liberdade Econômica, que aviso de livre mercado.


Também será votado, em primeira discussão, o projeto que institui a política de transparência na cobrança do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) em Campo Grande.


Os vereadores avaliados ainda projeto que dispõe sobre a instituição do Prêmio Jovens Escritores nas Escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) em Campo Grande.


Já em segunda discussão, os vereadores votam o projeto que altera para Idiran Santos Fernandes “Mineiro” na Rua São Marcos, localizada no Bairro Jacy, na Capital.