top of page

Na Expoagro, vereadores prestam homenagens a personalidades do agronegócio


O Auditório do Sindicato Rural de Dourados, lotado, foi palco da tradicional sessão solene da Câmara Municipal de Dourados na Exposição Agropecuária de Dourados (Expoagro). Na noite de ontem (17), durante a 57ª Expoagro, os vereadores entregaram placas de homenagens a 21 personalidades do agronegócio da cidade e de Mato Grosso


do Sul.


A mesa de honra da sessão foi composta por: o vereador Laudir Munaretto (MDB), presidente da Câmara Municipal de Dourados; o agrônomo Michael Araujo de Oliveira, 1º secretário do Sindicato Rural de Dourados, presidente do Grupo de Plantio na Palha de Dourados, diretor-executivo da Federação de Rodeios de Mato Grosso do Sul e presidente do conselho fiscal da Associação de Apoiadores do Hospital de Amor de Barretos-SP; Alan Aquino Guedes de Mendonça (PP), prefeito de Dourados; o vereador Mauricio Lemes (PSB), vice-presidente da Câmara; a vereadora Liandra da Saúde (PTB), 2ª secretária da Câmara, e os demais vereadores da 21ª legislatura.


Oliveira frisa que “a Expoagro se tornou a maior feira agropecuária de Mato Grosso do Sul, senão uma das maiores do Centro-Oeste”, com destaque para a exposição de maquinários, a feira comercial, as 78 palestras em 2023, os shows, a transmissão ao vivo de eventos da exposição pela internet e a parceria com o governo estadual, a prefeitura, com produtores, expositores e demais apoiadores e patrocinadores. O sindicalista aproveitou o momento para anunciar que em outubro ocorrerá, em organização do Sindicato Rural e da prefeitura, a 39ª Festa do Peão de Boiadeiro de Dourados.


Munaretto reforça que Dourados é a principal cidade do sul do Estado e um importante centro agropecuário. “O agronegócio é responsável por alimentar o nosso povo, melhorar a qualidade de vida da nossa gente e propagar a potência do trabalho no campo. Dessa forma, sabemos da importância dos senhores e das senhoras para o nosso município e para o agronegócio do nosso Estado”, discursa o presidente da Câmara.


O prefeito de Dourados enfatiza que “a Expoagro demonstra a pujança da economia, das principais empresas do agronegócio e fala muito do que a gente é como cidade”. Aos presentes, Guedes pontuou iniciativas recentes do Executivo Municipal, como a entrega, hoje (18), de duas ambulâncias de terapia intensiva para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a partir de R$ 1,1 milhão de recursos próprios, e o Desenvolve Dourados, o programa com o maior investimento da história da cidade – com R$ 500 milhões, tem financiamento do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), recursos municipais, estaduais e federais.


Em discurso público representando seus colegas, o vereador Fabio Luis (Republicanos) destacou a importância do agronegócio douradense para abastecer o mundo e, com geração de empregos, impulsionar o desenvolvimento socioeconômico regional. “Somos [o Estado] o segundo maior produtor de soja, o terceiro de milho e o quarto de algodão, além de ocuparmos uma posição de destaque na pecuária. Mato Grosso do Sul ainda garante 30% da produção de tilápia do Brasil”, ilustra a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ainda conforme o parlamentar, na pandemia a produção estadual de soja foi de 13 milhões de toneladas, 50% superior à safra anterior, e uma pesquisa da Universidade de Wisconsin-Madison (EUA) atesta que a melhor carne brasileira é de Mato Grosso do Sul.


Presidente das comissões de Cultura e de Indústria, Comércio e Turismo da Casa de Leis douradense, o vereador Marcelo Mourão (Pode) enaltece que a Expoagro fomenta a economia do município. “Muito obrigado por vocês não desistirem dessa cidade, das roças, das lavouras e de toda a estrutura que as famílias de vocês construíram. A Câmara Municipal está aqui para dizer: vocês são importantes e nós estamos aqui a reconhecer essa importância”, diz Mourão aos presentes no auditório do sindicato, em especial aos profissionais do agronegócio homenageados na sessão solene.


Em nome dos homenageados falou Murilo Zauith, ex-vice-governador de Mato Grosso do Sul, ex-secretário estadual de Infraestrutura, ex-prefeito de Dourados, ex-deputado estadual e federal e presidente de honra da mantenedora do Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran). “Todo esse tempo que vivo em Dourados participei muito do desenvolvimento da nossa cidade”, declara Zauith, que no púlpito prestou homenagens aos ex-prefeitos de Dourados, José Elias Moreira e Humberto Teixeira, já falecidos.


Além das autoridades que compuseram a mesa de honra, outras estiveram na plateia para prestigiar o evento. E para começar a sessão solene, no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho, os grupos juvenil e adulto do Centro de Tradições Gaúchas Querência do Sul encantaram o público com apresentações de danças típicas do Rio Grande do Sul. Após as entregas de homenagens, foi servido um coquetel aos presentes.


Conheça os 21 homenageados


– Carlos Eduardo Macedo Marquez, presidente do Sindicato Rural de Caarapó (proposição do vereador Marcão da Sepriva/Solidariedade);

– Eder Antonio dos Santos Bertipaglia, agrônomo (proposição de todos os vereadores);

– Erich Limper Junior, médico veterinário e gestor na Agropecuária Pfann (proposição do vereador Fabio Luis/Republicanos);

– Fernando Rojas, encarregado de armazenagem na C.Vale (proposição do vereador Daniel Junior/Patriota);

– Franciano Aparecido Rodrigues, agropecuarista e criador do 1º Grupo de Cavalgadas de Dourados (proposição do vereador Dr. Diogo Castilho/PSDB);

– Joilson Barbosa Correa, pecuarista (proposição da mesa diretora);

– Jorge Luiz Soares Barbosa, presidente da Federação das Cooperativas de Eletrificação Rural do Estado de Mato Grosso do Sul (Fecoerms) e vice-presidente da Cooperativa de Energização e Desenvolvimento Rural da Grande Dourados/Cergrand (proposição do vereador Rogério Yuri/PSDB);

– José Carlos Teixeira Marquez, agrônomo na fazenda Santo Antônio (proposição do vereador Janio Miguel/PTB);

– Ladi Eli Vendruscolo, agricultor (proposição de todos os vereadores);

– Lindalva de Souza Silva, agricultora (proposição do vereador Marcelo Mourão/Pode);

– Luís Carlos Seibt, agricultor e proprietário do H+ Hotel (proposição da vereadora Tania Cristina/PP);

– Luiz Alves Cassemiro, agropecuarista (proposição do vereador Laudir Munaretto/MDB);

– Michael Araujo de Oliveira (proposição do vereador Tio Bubi/PSD);

– Murilo Zauith (proposição do vereador Creusimar Barbosa/União);

– Odon Anderson Ebenritter, o Tio Bubi, agricultor e vereador de Dourados (proposição do vereador Juscelino Cabral/PSDB);

– Paulo Henrique Catelan, agrônomo na C.Vale (proposição do vereador Mauricio Lemes/PSB);

– Rafael Walevein, técnico em Agronomia e produtor rural (proposição da mesa diretora);

– Ramão Chaves da Silva, pecuarista (proposição da vereadora Liandra da Saúde/PTB);

– Rosane Elizete Pederiva, agropecuarista e patroa do Centro de Tradições Gaúchas Querência do Sul (proposição de todos os vereadores);

– Sumára Hortência Heideriche Garcia, proprietária das estâncias Maranata 1 e 2 (proposição do vereador Sergio Nogueira/PSDB);

– Vera Lucia Baptista Borelli, sócia-proprietária da Piscicultura Nativa (proposição de todos os vereadores).


Assessoria da câmara

Commentaires


bottom of page