Vereadores cobram ação do Procon em relação às lojas físicas das operadoras de telefonia


O vereador Yussef Salla está cobrando uma maior fiscalização por parte do Procon de Corumbá, em cima das empresas de telefonia que não possuem lojas físicas na cidade, conforme o que estabelece a Lei Municipal nº 2592/2017. O vereador Alexandre Vasconcellos também assinou o requerimento.


O pedido foi feito durante sessão do Poder Legislativo corumbaense e direcionado ao diretor-executivo do Procon, Vital Gonçalves Migueis. No requerimento, Yussef solicita que seja efetuada uma maior fiscalização e que sejam tomadas as providências cabíveis em relação às operadoras de telefonia que não possuem lojas físicas na cidade, e que não sejam terceirizadas.


Nos temos a Lei nº 2592/2017 que dispõe sobre a obrigatoriedade de as empresas prestadoras do serviço de telefonia fixa e móvel, manter postos de serviços presencias nas localidades abrangidas por sua área de concessão”, lembrou.


Citou que entre os serviços que devem ser colocados à disposição da população estão compra, venda, e cancelamento do serviço de telefonia; esclarecimento de dúvidas sobre a operação e funcionamento de aparelhos e do serviço de telefonia; esclarecimento e protocolização de questionamentos e reclamações quanto aos documentos de cobrança e à qualidade da prestação do serviço.


Em outro requerimento, o vereador solicitou ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Luiz Fernando Moreira, a instalação da iluminação pública na Rua Alexandre de Castro, entre as Ruas Firmo de Matos e Luís Feitosa Rodrigues, no Bairro Guatós; bem como na Rua América, entre as ruas Edu Rocha e Cyríaco Felix de Toledo, para eliminar a escuridão e garantir maior segurança de todos.


Também para melhorar a luminosidade da Alameda Odil Flores, entre as ruas Maranhão e Pará, no Bairro Cravo Vermelho, o vereador solicitou à pasta de Infraestrutura, bem como à diretora-presidente da Fundação do Meio Ambiente do Pantanal, Ana Cláudia Moreira Boabaid, a poda de árvore que está ofuscando a iluminação pública, devidos aos seus grandes galhos, podendo inclusive causar problemas na rede elétrica, como curto-circuito e rompimento de cabos, além de facilitar ações de marginais, aproveitando a escuridão.


Já ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), o vereador solicitou a construção de uma rotatória na região da BR 262 com a entrada da localidade de Antônio Maria Coelho, bem como maior fiscalização por parte da Polícia Rodoviária Federal, para evitar que os caminhões carregados com minério, entrem na 262, retornem em direção a Corumbá até a altura do Urucum, para fazer o contorno e seguir viagem para outras regiões do Brasil.


Explicou que a solução para evitar esse tráfego pesado, seria a construção da rotatória na altura da entrada de Antônio Maria Coelho, garantindo assim, maior segurança no trânsito, minimizando riscos de acidentes.

Mais Lidas
Leitura Recomendada

Este conteúdo está sendo cadastrado

Procurar por Tags
Siga a UCVMS
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram